Notícias


Bell leva helicóptero quase até o topo do Monte Everest

Aviões a jato podem voar alto. Já o helicópteros, nem tanto. Porém,...


Cemitério de metal: o que acontece quando um avião é aposentado?

Centenas de milhares de voos ocorrem todos os anos no mundo inteiro,...


Crise no Brasil faz companhias aéreas do Pacífico deixarem o país

Uma sequência de fatores tem feito com que as companhias aéreas de países banhados pelo Oceano...



WebMail

webmail
Anac aprova voos da Gol no Aeroporto Regional da Zona da Mata PDF Imprimir E-mail
  • A partir de março, opção vai ligar região ao Aeroporto de Confins.
    Empresa confirmou aprovação e deve divulgar detalhes nos próximos dias.

G1

16/01/2015 14h43

 Do G1 Zona da Mata

A partir de março, opção vai ligar região ao Aeroporto de Confins.
Empresa confirmou aprovação e deve divulgar detalhes nos próximos dias.

Anac aprova voos da Gol no Aeroporto Regional da Zona da Mata

 

O Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco, entre Rio Novo e Goianá, na Zona da Mata, será ponto de partida e de chegada de dois voos da Gol Linhas Aéreas a partir de 23 de março de 2015. Os dois horários ligam a região ao Aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o pedido mais recente apresentado pela empresa deu entrada na terça-feira (13), foi aprovado pela área técnica na quarta (14) e publicado na página da agência na quinta (15).

 

Procurada pelo G1, a assessoria Gol confirmou a aprovação e disse que a empresa deve divulgar detalhes sobre o serviço até a próxima semana.

 

Os voos aprovados são os de números 2013, saindo do Aeroporto Regional da Zona da Mata (ARZM), com partidas previstas de segunda-feira a sábado, às 6h45 com chegada prevista para 7h43 no Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins. Já o voo 2102 é o ponto final de uma viagem que começa em Congonhas, São Paulo, às 20h35, com escala em Confins e chegada ao Aeroporto Regional às 23h43. Estes horários estarão disponíveis entre domingo e sexta. Os dois horários serão operados em Boeing 737, que terá 138 assentos disponíveis.

De acordo com a assessoria da Anac, não é possível precisar quantas vezes a solicitação foi reapresentada, pois o arquivo disponível não mostra o histórico do pedido, apenas a solicitação mais recente, com as alterações que atendam às recomendações da agência.

A assessoria esclareceu que, para operar, a companhia aérea solicita o pedido de voo junto à Anac, apontando as rotas, horários e aeroportos desejados. “A análise da Agência leva em consideração a capacidade de pista, de pátio e do terminal declarada pelo aeroporto, além das documentações enviadas pela companhia e o horário no espaço aéreo”, destacou a nota enviada pela assessoria. A Anac destacou também que o prazo para avaliação varia de acordo com o pedido e é informado sempre antes da data do voo escolhida pela empresa.


Operações no ARZM

Atualmente, o terminal recebe dois voos diários para Campinas, da empresa Azul Linhas Aéreas, exceto aos sábados, em que há apenas um horário, de onde é possível realizar conexões para todas as regiões do país. Desde 22 de dezembro, a companhia deixou de operar uma linha para o Aeroporto Regional por causa da readequação de voos diante da demanda para o verão. No início de dezembro, a Gol Linhas Aéreas anunciou que gostaria de operar no terminal, oferecendo seis voos semanais.

Acordo de concessão foi assinado em dezembro (Foto: Renato Cobucci / Imprensa MG)

O aeroporto da Zona da Mata entrou em operação comercial em agosto de 2011 para voos diurnos e, em outubro do mesmo ano, para voos noturnos. Desde o final do ano, o terminal se tornou o primeiro aeroporto de Minas Gerais a ser administrado em modelo de Parceria Público-Privada (PPP), após a licitação que declarou como vencedor o Consórcio Aeroporto Zona da Mata, formado pelas empresas Socicam e Universal Armazéns Gerais e Alfandegados. O consórcio vencedor apresentou a melhor proposta econômica, oferecendo desconto de 32% no valor da contraprestação anual do Estado, que terá valor aproximado de R$ 4,4 milhões por ano, durante a vigência do contrato. O prazo da concessão será de 30 anos, prorrogável por mais cinco.

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) destacou que o aeroporto conta com a segunda maior pista para pouso de Minas Gerais com 2.530 metros, menor apenas que o Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins. O terminal também é alfandegado e pode executar todo o desembaraço de mercadorias que chegam do exterior.

 

Experiência

10anos

Sitemap

mapa-site

Produtos em Destaque



Rua Bulhões Marcial, Nº 879 - Vigário Geral - Rio de Janeiro - RJ
contato@equimec-rgse.com.br
Telefone: +55 21 3681-2904 /3448-5023 Fax: +55 21 3352-7240

Desenvolvido por abc design ltda.. XHTML CSS.