Notícias


Bell leva helicóptero quase até o topo do Monte Everest

Aviões a jato podem voar alto. Já o helicópteros, nem tanto. Porém,...


Cemitério de metal: o que acontece quando um avião é aposentado?

Centenas de milhares de voos ocorrem todos os anos no mundo inteiro,...


Crise no Brasil faz companhias aéreas do Pacífico deixarem o país

Uma sequência de fatores tem feito com que as companhias aéreas de países banhados pelo Oceano...



WebMail

webmail
Desenvix avalia venda de aeroportos PDF Imprimir E-mail
  • Desenvix avalia venda de aeroportos

O Estado de S.Paulo
Segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015
 Luciana Collet, Mônica Scaramuzzo, Márcia de Chiara e Naiana Oscar

Após vender a Desenvix, empresa de energia, para a sócia norueguesa Statkraft Investimentos, a Engevix afirma que considera, ainda que de forma “muito secundária”, a venda de suas participações nos aeroportos de Brasília e São Gonçalo do Amarante (RN). Segundo o diretor-geral da Engevix, José Antunes Sobrinho, a prioridade é efetivar a venda da participação no ativo de energia, que deve render cerca de R$ 500 milhões ao grupo e aliviar a pressão financeira pela qual a Engevix passa em meio às investigações da companhia na operação Lava Jato.

 

Para Antunes, apenas interessa a venda de 100% da participação no consórcio que detém o aeroporto do Rio Grande do Norte e de 51% da Sociedade de Propósito Específico (SPE) que opera o de Brasília. “Ou é tudo, ou é nada”, disse, rejeitando a possibilidade de apenas reduzir sua participação e se tornar minoritário.

 

Antunes disse que tem sido sondado, especialmente por investidores estrangeiros. “Estamos sendo procurados por muita gente fora do Brasil, muitos interessados, estamos sendo sondados pelo mercado e estamos aceitando ser sondados”, disse.

Outro ativo potencialmente à venda é a Ecovix, do segmento naval. A Engevix tem como sócio nesta empresa a japonesa Mitsubishi, que detém 30%. “Consideramos alguma participação de terceiros lá, para tornar o negócio mais capitalizado”, disse Antunes. Segundo ele, o ativo tem atraído interesse, por conta do estaleiro Rio Grande, que tem ampliado sua produtividade e tem potencial de ganho de eficiência adicional.

 

Experiência

10anos

Sitemap

mapa-site

Produtos em Destaque



Rua Bulhões Marcial, Nº 879 - Vigário Geral - Rio de Janeiro - RJ
contato@equimec-rgse.com.br
Telefone: +55 21 3681-2904 /3448-5023 Fax: +55 21 3352-7240

Desenvolvido por abc design ltda.. XHTML CSS.